Abertura Ó Paí, Ó

aquarelas

domingo, maio 25, 2008

digital

2 comentários:

Lidiane disse...

Engraçado como a arte transporta.
Transcende.
Deu para sentir daqui o cheiro do mar da minha terra.
A areia grossa embaixo dos meus pés, o sol ardendo em minhas bochechas, enquanto o vento canta nos meus ouvidos, uma música que só eu e ele conseguimos ouvir.
Se você deixar, um dia quero usar essa tela no meu blog, com os devidos créditos, CLARO.

Lidiane disse...

P.S. Foi o Paulo (de Loyola) que me indicou você.

estampas/rascunhos Igbá

aquarelas pro clip da Paula Toller/Donavon